Propaganda

Últimas Notícias

A implantação da Zona Azul e os canteiros da Severino Pinheiro foram destaques em coletiva realizada na sede da ACIL.

Patricia Holanda fazendo as honras da casa


Aconteceu na noite desta quinta-feira 20/03) no auditório da Associação Comercial  e Industrial de Limoeiro (ACIL) uma coletiva realizada pelo secretário de trânsito Coronel Felipe, o prefeito Ricardo Teobaldo, o presidente da CDL Neto Nicolau, a presidenta da ACIL Patrícia Holanda para demostrar aos presentes como ficará o trânsito em Limoeiro após a implementação da Zona Azul em nossa cidade. Quem deu início a coletiva foi Patrícia Holanda e após as honras da casa passou a palavra para o prefeito de Limoeiro que falou da tentativa em implementar a zona azul e a dificuldade em pô-la em prática. Ricardo frisou que só impõem a zona azul em pratica se todos forem a favor do projeto. Ricardo também falou sobre as obras dos canteiros da Avenida Severino Pinheiro que vão ser concluídas dentro de 60 dias. O atual gestor ainda frisou que se a cidade fosse dele as árvores seriam todas derrubadas e repostas novas em seus lugares. Após falar, Ricardo passou a palavra ao Coronel Felipe que falou das justificativas em por em prática a Zona Azul. Em um telão diversos pontos positivos foram expostos e alguns deles foram; A diminuição de flanelinha, a retirada de motos e cinquentinhas da Zona Azul, proporcionar maior conforto ao usuário, dentre outras. 

O valor arrecadado com a Zona Azul será destinado à tecnologia e manutenção das vias. Dentre as tecnologias teremos câmera de monitoramento para uma melhor fluidez do trânsito. Em nossa cidade teremos 15 minutos de estacionamento gratuito na Zona Azul e após este período será cobrada uma taxa que deverá ficar entre R$: 1,00 e R$: 1,50 obedecendo aos padrões praticados nas cidades de Recife e Caruaru. A cada duas horas a taxa é renovada e o condutor do veículo paga novamente por ela. As principais vias de nossa cidade farão parte da zona azul e os idosos e deficientes terão gratuidade. Serão 250 pontos já definidos e se aprovada será posta em prática o mais rápido possível. Após as palavras do coronel os presentes na coletiva realizaram perguntas e questionamentos sobre a implementação da Zona Azul e sua eficaz solução para o trânsito caótico de Limoeiro. Entre os presentes diversos comerciantes ouviram as palavras e explicações do coronel que não êxito em responder todas as perguntas a ele direcionado. O coronel ressaltou bem que após implementada a Zona Azul os condutores dos veículos terão 30 dias de aviso antes de se dar início a etapa de multas. Ricardo Teobaldo ao pedir a palavra falou da derrubada do matadouro e da construção de uma moderníssima escola no local. 

Com relação ao estacionamento do matadouro o mesmo também será demolido e em seu local será construída uma Academia da Saúde. Roberto Eliodoro, empresário limoeirense, frisou sobre o valor cobrado e onde ele será guardado. A resposta partiu do coronel Felipe que falou sobre o dinheiro arrecadado e a conta bancária onde ele será guardado. A imprensa local também se fez presente e perguntou sobre a instalação das câmeras de segurança e sobre este fato o gestor do município falou do gasto que se tem, pois as câmeras são caras e contratar pessoal qualificado custa muito aos cofres públicos. Alguns preços relativos a itens do trânsito foi expostos e os valores exorbitantes deixaram muita gente de queixo caído. A mobilidade também teve seu destaque em um dos comentários de um cidadão que questionou o uso das bicicletas como provável "desafogafor" de nosso trânsito. Pegando Carona na pergunta da mobilidade o diretor de imprensa de Limoeiro e jornalista, Erivaldo Carvalho, questionou se não seria viável a cidade ter bicicletários onde as mesmas poderiam ser locadas para facilitar a fluidez de veículos no centro da cidade. 

Depois da rodada de perguntas os canteiros da Avenida Severino Pinheiro voltaram a ser foco da coletiva com a secretária de obras Elck de Castro falando do projeto que terá 9 arvores derrubadas e a saída das barracas da avenida. Ricardo ressaltou que todos serão ressarcidos e o projeto contará com melhorias visíveis e a aprovação após a conclusão da obra deverá ser notória. Ricardo ainda lembrou que a via que corresponde da Praça da Bandeira passando pela Avenida Severino será toda “re-asfaltada” deixando a avenida ainda mais bela. O debate foi bastante proveitoso e muitos comerciantes puderam esclarecer dívidas e a atual gestão pôde por tudo em pratos limpos. Confira mais fotos da coletiva.

Profissionais da imprensa e comerciantes presentes a coletiva

Prefeito Ricardo Teobaldo com a palavra

Sec. de Transito Coronel Felipe dando explicações

Secretários, vereadores e comerciantes presentes a coletiva

Sec. de Obras Elck de Castro explicando o projeto dos canteiros

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.