Propaganda

Últimas Notícias

Prefeitura de Limoeiro implanta o sexto CAPS do País e o segundo do Estado

A prefeitura de Limoeiro, através da secretaria municipal de Saúde, entregou na noite desta quarta-feira (25) mais um importante equipamento para saúde pública do município e da região. Foi inaugurado o Centro de Assistência Psicossocial ad III Capibaribe (CAPS). A unidade de saúde atende e acolhe os pacientes portadores de dependências químicas (álcool e drogas), está localizada na Avenida Jerônimo Heráclio, no Centro, e atenderá cerca de 220.000 habitantes das cidades de Limoeiro, João Alfredo, Feira Nova, Orobó, Bom Jardim, Machados, Salgadinho e Passira. De acordo com a psicóloga e coordenadora Riva Carla, o CAPS instalado em Limoeiro é o sexto do Brasil e o segundo de Pernambuco. “Mas somos o primeiro do Estado com atendimento 24 horas”, reforçou Riva.


O secretário de Saúde, Orlando Jorge, comemorou a conquista do município, destacando a importância de Limoeiro para a saúde da região. “Estamos implantando a primeira iniciativa para saúde mental na história de Limoeiro. Vamos tratar de pacientes dependentes químicos de oito municípios, e isso mostra que a cidade dá um grande passo no tocante à saúde das pessoas”, disse Orlando. O prefeito Ricardo Teobaldo sublinhou a importância das parcerias firmadas na atual gestão, as quais estão oportunizando melhorias em todas as áreas. “Apesar de toda uma estrutura montada não podemos deixar de destacar a importância da equipe destinada ao atendimento dos pacientes. Sempre destaco que cuidar das pessoas é a maior realização. Portanto, reforço a importância da dedicação e do profissionalismo dos profissionais envolvidos nesse projeto”, pontuou.

O CAPS Capibaribe, que ganhou esse nome em referência ao Rio Capibaribe, que banha a parte de trás do centro, é formado por médicos clínicos, psicólogos, terapeutas ocupacionais, médicos psiquiatras, enfermeiros e técnicos de enfermagem. A atendimento aos pacientes acontece em 3 modalidades de tratamento: intensivo, semi-intensivo e não intensivo. “Objetivo principal do CAPS é a reabilitação psicossocial do indivíduo que se encontra em sofrimento ou no uso abusivo do álcool e outras drogas, além de oficinas terapêuticas, atendimentos individualizados com consultas clínicas e psiquiatras, intervenções terapêuticas nas comunidades e com as famílias, palestras, passeios e o matriciamento que supervisiona e discuti casos com a atenção básica”, explicou a coordenadora. “Além da demanda espontânea, os usuários podem ser encaminhados por Unidades de Saúde da Família, ambulatórios, hospitais, entre outros setores”, completou.

Instalações – O espaço conta com salas administrativas, quartos de repouso e internamento, área de lazer, farmácia, sanitários, sala de estar, sala de vídeo, varanda, ambulatório, clínica médica e copa. Todos os pacientes também são contemplados com as refeições diárias. A implantação do CAPS em Limoeiro contou com as parcerias do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde.
Alfredo Neto / Departamento de Imprensa

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.