Propaganda

Últimas Notícias

Pedalada ecológica com muito humor e adrenalina na Mata do Siriji



O Limoeiro Bike Clube mais uma vez realizou neste domingo, dia 07 de Março, a sua pedalada dominical. Tudo começou por volta das cinco da matina. A equipe do Limoeiro Bike Clube e os amigos convidados se reuniram na PE 50, nas imediações do Bairro do Juá. Um caminhão Baú fez o trabalho pesado, o Carango levou todas as Bike e consequentemente seus donos devidamente preparados e inspirados. O grande Jair com seu apito inseparável e o amigo Burérgio (São igual Dike Vigarista e Mutley... Pega o Pombo... tirando a parte má da historia, é claro). Pé na estrada partimos para Siriji, todos dentro do caminhão Baú se divertindo igual menino quando ganha sua primeira bike, só festa e comemoração. Chegamos em São Vicente Ferrer e descendo do baú, já fomos logo tratar de tirar fotos e arrumar as bicicletas. Bem começamos a pedalada. Ops! Voltem todos, o caminho é muito longe vamos de Baú até o caminho mais próximo da mata. Agora é serio, chegamos e logo de cara uma puta de uma ladeira, a infeliz era tão grande que dava ate náuseas só em olhar para a dita cuja. Todos apostos.

Começamos a andar, ei pera aí, não era pedalar? Vai tu subir uma ladeira daquelas pedalando. Fomos todos empurrando e em alguns trechos pedalando, só que era dose subir a tal ladeira. Vamos agora à cena de humor do GM ( Não é aquela famosa Montadora veículos. Não!) Éramos eu e Alfredo Neto, da Jornal Limoeiro, e pense numa resenha. Começamos pelas descidas, imaginem bem: dois caras numa trilha de Bike descendo uma ladeira de Bicicleta Monark Barra Circular, que aliás foi a única que eu tinha a disposição no momento da pedalada. Agora veja a situação, Alfredo desce em uma velocidade exorbitante comigo atrás, é claro, ao passar pelos buracos nós quase voávamos. A bicicleta pulava tanto que eu vi a hora nós nos espatifarmos na terra de barro batido. Mesmo assim conseguimos pedalar um bom período. Um anjo da guarda, oguia de turismo Gilson, que vinha passando por acaso e nos encontrou, como que em um milagre ele veio em nosso socorro e me deu uma carona em sua Moto Honda. O Alfredo continuava com a Barra Circular e todos íamos nós divertindo. Passamos por cada coisas juntos! Mas o prêmio maior valeu a pena. Estava à nossa espera uma cachoeira de água doce e bem geladinha.

Foi muito e legal tomar banho de cachoeira, só os leitores vendo para saber como é magnifico o local onde estávamos. Brincamos adoidado e a diversão foi universal, não havia uma só pessoa com o ar no rosto a mensagem na testa que dizia bem claro: foi duro mais valeu apena. No caminho de volta o trem foi mais pesado, todos estávamos cansados e o que era para ser desânimo, pelo fato do cansaço, foi animação total. Pegamos um outro caminho e em meio a caminhada achamos mais uma bica que nos prestigiou com sua água doce e saborosa. Todos tomaram água da bica e sem dúvida foi uma das mais gostosas águas por nós já tomada. Agora falando serio, o bagulho foi foda nas subidas, tinha umas que parecia uma eternidade para acabar e eu que pensei que as descidas seriam muito mais fáceis entrei pelo cano. A subida do inicio agora viraria descida e que descida véio, a bike derrapava e eu via a hora cair, e por falar em cair, tombo foi o que não faltou. Teve o de HP, o de Fernando, o Alan filho do Augusto e alguns outros que eu não vi. Nada serio graças a Deus, pois entre mortos e feridos salvaram-se todos.

Em mais uma parada para reforçar a barriga já que a primeira havia sido quase perto da cachoeira, enquanto a segunda parada já foi na cidade de São Vicente Ferrer. Comemos e tomamos refrigerantes, nós reabastecemos com água e partimos para o nosso aconchego. Dentro do baú a mesma resenha, muita cantoria e diversão a mil. Chegamos sãos e salvos ao nosso destino e vimos que pedalar é preciso e nunca devemos deixar de lado um esporte tão apaixonante que é o ciclismo. Gostaria de agradecer a Jair, a Willker, a Fernando, a Augusto, a Alfredo Neto por me carregar um período, enfim a todos que compõem o Limoeiro Bike Clube. Gostaria de externar meus mais sinceros agradecimentos e dizer que tudo que eu fiz neste domingo valeu a pena, cada gota de suor derramado. Tivemos mais um domingo de lazer e bastante humor.

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.