Propaganda

Últimas Notícias

Jenson Button vence corrida emocionante na Austrália

Kubica e Massa completam pódio e Alonso segue líder

Button e Massa se destacaram no GP da Austrália (Crédito: Reuters)

Button e Massa se destacaram no GP da Austrália (Crédito: Reuters)

LANCEPRESS!

O que faltou de emoção na abertura do Mundial de F-1 no Bahrein sobrou na Austrália . Em uma prova com chuva no início, toques entre pilotos e ultrapassagens para dar e vender, o campeão mundial Jenson Button venceu sua primeira corrida pela McLaren, repetindo a vitória de Melbourne em 2009. Robert Kubica fez fantástica corrida com seu limitado Renault e terminou em segundo e Felipe Massa, apesar de também não ter contado com um grande carro e ter sido muito atacado durante toda a prova, arrancou um ótimo terceiro lugar.

Fernando Alonso, que se envolveu em um acidente na largada, fez também uma excelente corrida e terminou em quarto, mantendo a liderança do Mundial , com 37 pontos, quatro a mais do que Massa - com a oitava vitória na carreira, Button chegou a 31.

Também pontuaram, do quinto ao décimo lugar, Nico Rosberg (Mercedes), Lewis Hamilton (McLaren), Vitantonio Liuzzi (Force India), Rubens Barrichello (Williams), Mark Webber (Red Bull) e Michael Schumacher (Mercedes). Sebastian Vettel, que largou na pole e dominou a primeira metade da corrida, abandonou após rodar devido a um problema nos freios.

A CORRIDA

A primeira volta, com a pista molhada, foi mais emocionante do que todo o GP do Bahrein. Vettel largou bem e manteve a ponta, seguido por Massa, que ganhou três posições, Webber, Kubica, Rosberg, Button e Hamilton. Na primeira curva, Button tocou em Alonso, que esbarrou em Schumacher, danificando a asa dianteira da Mercedes. Mais à frente, Kamui Kobayashi bateu no muro e, sem o controle do Sauber, acertou o Williams de Nico Hulkenberg, obrigando o safety car a entrar na pista.

Na quinta volta a bandeira foi acionada e as disputas recomeçaram. Webber foi para cima de Kubica e tomou a segunda posição e, um pouco atrás, Hamilton ultrapassou facilmente Button, assumindo a sexta posição. Enquanto isso, Alonso, que ficou ao contrário na pista após o toque com Button, e Schumacher, que teve de ir aos boxes para trocar a asa, começavam suas corridas de recuperação.

A pista secou rapidamente e, na sétima volta, Button foi o primeiro a arriscar uma troca para pneus slicks. Na volta, o campeão mundial chegou a até sair da pista, mas a decisão acabou sendo acertada, pois logo ele começou a virar os melhores tempos da pista. Duas passagens depois, os ponteiros também decidiram mudar os pneus.

A ordem das posições ficou embaralhada. Massa, que vinha em segundo, caiu para quinto, enquanto Vettel mantinha a ponta, seguido por Button, Kubica e Rosberg. Quem também perdeu posições foi Webber, que caiu para oitavo, logo atrás de Alonso, que seguia Hamilton também de perto.

A duas voltas da metade da prova, Vettel, que vinha liderando com boa vantagem, saiu da pista devido a uma falha de freios. Button, então, assumiu a ponta para não mais perder, com Kubica a grande distância. Hamilton, naquele momento, já era o terceiro, após fazer belas ultrapassagens sobre Webber e os dois pilotos da Ferrari.

Mas Hamilton, Webber e Rosberg resolveram trocar os pneus, enquanto Kubica, Massa e Alonso permaneceram na pista. Isso gerou ainda mais emoção no fim, já que os dois grupos, um com pneus desgastados e outro com borracha nova, se juntaram no fim. Enquanto Felipe tentava atacar Kubica e era pressionado por Alonso, Hamilton, Webber e Rosberg encostaram rapidamente.

Nas voltas finais, Hamilton partiu com tudo para cima de Alonso, mas o espanhol resistiu e o inglês acabou acertado por Webber. Com isso, Kubica e Massa respiraram, Alonso sustentou o quarto lugar, Hamilton caiu para sexto e Webber, que teve de trocar a asa dianteira de seu Red Bull, despencou para nono, atrás de Barrichello.

Enquanto os adversários brigavam, Button rumava tranquilamente para a bandeirada, que foi dada pelo ator John Travolta.

O campeonato continua na próxima semana, com o Grande Prêmio da Malásia, em Sepang.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GP DA AUSTRÁLIA

1º - Jenson Button (ING) - McLaren-Mercedes
2º - Robert Kubica (POL) - Renault
3º - Felipe Massa (BRA) - Ferrari
4º - Fernando Alonso (ESP) - Ferrari
5º - Nico Rosberg - (ALE) - Mercedes
6º - Lewis Hamilton (ING) - McLaren-Mercedes
7º - Vitantonio Liuzzi (ITA) - Force India-Mercedes
8º - Rubens Barrichello (BRA) - Williams-Cosworth
9º - Mark Webber (AUS) - Red Bull-Renault
10º - Michael Schumacher (ALE) - Mercedes
11º - Jaime Alguersuari (ESP) - Toro Rosso-Ferrari
12º - Pedro de la Rosa (ESP) - Sauber-Ferrari
13º - Heikki Kovalainen (FIN) - Lotus-Cosworth
14º - Karun Chandhok (IND) - Hispania-Cosworth

Abandonaram:
Timo Glock (ALE) - Virgin-Cosworth
Lucas di Grassi (BRA) - Virgin-Cosworth
Sebastian Vettel (ALE) - Red Bull-Renault
Adrian Sutil (ALE) - Force India-Mercedes
Vitaly Petrov (RUS) - Renault
Bruno Senna (BRA) - Hispania-Cosworth
Sébastien Buemi (SUI) - Toro Rosso-Ferrari
Nico Hulkenberg (ALE) - Williams-Cosworth
Kamui Kobayashi (JAP) - Sauber-Ferrari
Jarno Trulli (ITA) - Lotus-Cosworth


Fonte: LANCEPRESS

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.