Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Governo de Pernambuco investe R$ 6 milhões/ mês em 4 mil bolsas



O Governo de Pernambuco tem ampliado e diversificado o fomento e as ações nas áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação do litoral ao sertão pernambucano, promovendo a equidade do desenvolvimento e a formação de capital humano qualificado nas diferentes regiões do Estado. Através da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), vinculada à Secretaria de Ciência e Tecnologia e Inovação, estão sendo investidos R$ 6 milhões mensais em 4 mil bolsas variadas.

"Nossa meta é repor, através do Governo do Estado, o que foi cortado no âmbito federal", explica o Secretário de CT&I Fernando Jucá. Entre os 4 mil benefícios oferecidos, estão bolsas de cooperação técnica, de fixação de pesquisador, de fixação de técnico, de incentivo acadêmico, de iniciação científica, de pós-graduação (mestrado e doutorado) e de desenvolvimento científico e tecnológico regional, contemplando desde alunos do ensino médio até acadêmicos.

Na última década, o orçamento da Facepe mais que dobrou em termos nominais e apresentou um crescimento real (descontada a inflação) de 40% nos últimos 2 anos. Até o final de 2022, o orçamento do Tesouro Estadual para a Fundação totaliza R$ 90 milhões. Em relação à distribuição territorial, pelo menos 30% dos recursos estão sendo alocados no interior do Estado, ou seja, fora da Região Metropolitana do Recife, em pagamentos de bolsas, auxílios a projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Com esses recursos, foram lançados diversos editais sobre os mais variados e importantes temas para o Estado, desde as chamadas para concessão de bolsas para graduação e Programas de Pós-Graduação, às convocações para desenvolvimento de pesquisas e inovações tecnológicas no combate à desigualdade social (redução da pobreza extrema em Pernambuco, Estudos Étnico-Raciais, Mulheres Inovadoras) e ambientais (Gestão de Recursos Hídricos) - incluindo novidades com editais específicos para formação de recursos humanos em diferentes níveis e em articulação com as vocações econômicas e demandas locais, através do Programa Lócus da Inovação.

Postar um comentário

0 Comentários