Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Zé Nilton volta a Barragem de Lagoa do Carro e testemunha o descaso da COMPESA com Limoeiro


O vereador Zé Nilton (Podemos), um dos mais atuantes de Limoeiro, voltou a Barragem de Lagoa do Carro para ver de perto a tão prometida obra de melhoria no abastecimento de água de Limoeiro. Segundo o Governo do estado a obra de melhoria no abastecimento de água de Limoeiro estava orçada em 200 mil reais que foi investido em uma plataforma flutuante.  Ao chegar no local, Zé foi testemunha do descaso da COMPESA com Limoeiro, pois nada do que foi prometido foi feito verdadeiramente, pois o que se viu foi uma gambiarra mal feita que logo começou a afundar igual o sonho dos Limoeirenses em ter água nas torneiras com frequência  A respeito deste assunto Zé Nilton também se pronunciou nas Redes Sociais onde escreveu a seguinte nota:

Na tarde do sábado (29/01), o vereador José Nilton (Podemos) visitou a barragem de Lagoa do Carro com o intuito de mostrar aos limoeirenses a resolução de um problema histórico, que há meses têm se agravado no município e que possivelmente teria sido resolvido pela Compesa. Mas ao chegar no local o vereador se deparou com uma situação totalmente contrária do que ele esperava. Ao invés da colocação de um sistema hídrico eficaz, limpo e possante, foi encontrado uma mini barca no meio da barragem com estrutura precária, com apenas uma bomba funcionando e exposta ao sol e à chuva. Zé Nilton têm visitado a barragem com frequência e mostrado ao povo a realidade do problema. Por ser um representante do povo, ele se sente na obrigação de fazer tais cobranças ao governo do Estado. Em novembro, Zé foi até a sede da presidência da Compesa e entregou um ofício, solicitando a não cobrança da tarifa de água na comunidade de vila mendes.

No vídeo baixo filmado por Jair Ferreira  da TV Limoeiro, você pode ver todo o descaso mostrado por Zé Nilton. Como diria o radialista e apresentador Cardinot; Durma com uma bronca dessas!


Postar um comentário

0 Comentários