Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Limoeiro vivencia encerramento da 242ª Festa de Nossa Senhora da Apresentação



Neste domingo (21), a comunidade católica de Limoeiro vivenciou o encerramento da 242ª Festa de Nossa Senhora da Apresentação, padroeira da Terra Amada. A tradicional celebração é organizada pela Paróquia de mesmo nome, que teve papel fundamental na fundação da Princesa do Capibaribe. Para se ter ideia, o primeiro nome do antigo povoado que originou o município era Limoeiro de Nossa Senhora da Apresentação. Enquanto a Emancipação Política de Limoeiro se concretizou em 27 de julho de 1811 e completou 210 anos este ano, a Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação foi fundada em 1779 e chegou a 242 anos de caminhada no passado 16 de junho.

A programação do último dia da Festa da Padroeira 2021 contou com uma missa solene às 10h, presidida pelo bispo da Diocese de Nazaré da Mata, Dom Francisco de Assis Dantas de Lucena, e com uma missa de encerramento às 16h, presidida pelo pároco Padre Severino João. Na sequência, houve uma extensa procissão que percorreu os principais pontos da cidade: Rua da Matriz, Rua Vigário Joaquim Pinto, Travessa Severino Pinheiro, Rua da Alegria, Praça da Bandeira, Avenida Santo Antônio, Rua Doutor José Cordeiro, Rua Santa Cruz, Praça Comendador Pestana e, por fim, novamente, a Rua da Matriz.

Em sua homilia na missa de encerramento, o pároco da Paróquia Nossa Senhora da Apresentação, Padre Severino João, comemorou a autorização para a realização do cortejo religioso, conforme a flexibilização das normas sanitárias em meio ao avanço da vacinação contra a Covid-19. No ano passado, devido à crise sanitária, a procissão com a presença dos fiéis esteve suspensa. “Sabemos da ansiedade do povo de Deus para voltar a frequentar a procissão da nossa padroeira. Chegamos até aqui com muita perseverança, com muitos cuidados e com muita fé. Estamos muito felizes por este momento, mas a responsabilidade continua, com o uso de máscara e de álcool em gel. Também é importante se vacinar, para que possamos superar esse vírus que tanto nos atormentou e ainda nos deixa apreensivos”, destacou o sacerdote.

Para participar das missas do novenário deste ano e da procissão deste domingo, o uso de máscara foi obrigatório. A Paróquia também disponibilizou álcool em gel para o público nas dependências da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Apresentação. Além disso, foram feitas homenagens póstumas aos paroquianos falecidos em decorrência da Covid-19 e de outras enfermidades. “Queremos recordar todos os devotos de Nossa Senhora da Apresentação que frequentavam esta festa e não podem estar presentes aqui porque foram vitimados pela pandemia e por outras doenças. Temos a certeza de que todos estão espiritualmente conosco”, pontuou o vigário paroquial, Padre Rafael Alves.

O prefeito de Limoeiro, Orlando Jorge, prestigiou o encerramento do novenário e representou o alto escalão do Poder Executivo Municipal juntamente com o vice-prefeito José Barbosa Neto, a primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Flávia Melo, e a secretária de Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Dolores Carmen. Durante a procissão, o gestor e a primeira-dama carregaram a bandeira de Limoeiro. “Foi uma honra carregar este lindo símbolo do nosso município na Procissão da Padroeira. Quero agradecer à Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação, por esta celebração maravilhosa, e ao povo de Limoeiro, que embelezou a missa e a procissão com suas manifestações de fé”, afirmou Orlando.

A 242ª Festa de Nossa Senhora da Apresentação teve Túllio Henrique e família como juízes da bandeira, os curados da Covid-19 como juízes do andor e a Pastoral das Viúvas como juíza do altar. Também fizeram parte do Quadro de Honra da novena em honra à Excelsa Padroeira de Limoeiro o Papa Francisco (chefe de Estado do Vaticano e sumo pontífice da Igreja Católica Apostólica Romana), Dom Francisco de Assis Dantas de Lucena (bispo da Diocese de Nazaré da Mata), os padres Severino João (pároco) e Rafael Alves (vigário paroquial), e os diáconos Daniel Cosmo e Marco Barbosa.

Foto: Luís Francisco Prates/Prefeitura de Limoeiro

Via | PML

Postar um comentário

0 Comentários