Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Facal recebe 7ª Conferência Municipal de Saúde de Limoeiro



Nesta quarta-feira (27), a Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro (Facal) recebeu a 7ª Conferência Municipal de Saúde de Limoeiro, que abordou o tema: “A defesa do Sistema Único de Saúde para além da pandemia – SUS para todos”. Promovido pelo Conselho Municipal de Saúde, em parceria com a Prefeitura Municipal de Limoeiro e a Secretaria Municipal de Saúde, o encontro debateu as diretrizes do próximo Plano Municipal de Saúde, que será aplicado de 2022 a 2025. A abertura contou com homenagem póstuma ao trabalhador da Saúde Francisco Barbosa, pelos serviços prestados à Vigilância Ambiental de Limoeiro e pela militância em favor do SUS, e com apresentação cultural.

O ex-secretário de Saúde de Camaragibe, ex-prefeito de Camaragibe e ex-presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco (COSEMS-PE) Paulo Santana, palestrante do evento, mostrou-se muito satisfeito com os diálogos proporcionados pela Conferência. “Uma boa gestão passa pelo debate com as secretarias e com a população. Com o Plano Municipal de Saúde dos próximos quatro anos em mãos, a Prefeitura poderá buscar e captar recursos para enfrentar os principais problemas do município. Tive acesso ao documento e posso afirmar que todos os pontos colocados são muito pertinentes, considerando o atual momento de saúde no Brasil”, frisou.

Paulo Santana, que tem Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Especialização em Saúde Pública pelo NESC/FIO CRUZ, e Mestrado e Doutorado em Nutrição, também pela UFPE, reafirmou sua defesa ao Sistema Único de Saúde (SUS) como uma conquista para a saúde pública no Brasil. “Se o SUS não existisse, não seríamos, por exemplo, referência em vacinação no mundo todo. Quando falamos sobre defender o SUS para além da pandemia, é porque precisamos reorganizá-lo no que diz respeito ao sistema de informação, pois todas as unidades precisam ser informatizadas, e porque os investimentos para este setor tão importante para a nossa sociedade devem ser potencializados”, comentou.

A secretária de Saúde do município de Limoeiro, Paloma Sonally, destacou a importância da interação entre a gestão pública e a população para o fortalecimento do SUS. Ela recordou, ainda, que a pandemia da Covid-19 está evidenciando a importância do SUS para os brasileiros. “Nosso sistema de saúde consegue garantir o acesso de universal, de forma integral, igualitária e equânime, aos brasileiros. Não é fácil garantir esse acesso, visto que mais de 80% da população é dependente do SUS. Quando buscamos o fortalecimento do SUS e garantimos a participação do controle social, através da Lei 8492/90, assumimos o compromisso, enquanto gestão pública, de nos aproximar dos usuários e debater os problemas de saúde do nosso território. Dessa forma, uniremos as propostas para compor o nosso Plano de Saúde”, explicou.

Representante do Poder Executivo da Princesa do Capibaribe na 7ª Conferência Municipal de Saúde, o vice-prefeito José Barbosa Neto mencionou outras ações da gestão municipal no âmbito da Saúde. “Temos mais de 90% da população vacinada contra a Covid-19 com a primeira dose e mais de 60% imunizada com as duas doses. Nosso ótimo desempenho na vacinação acontece graças ao SUS e também é mérito da nossa gestão. Além disso, já iniciamos as obras de saneamento para a construção da Academia da Saúde do Loteamento Morada Nova, que também vai atender os Loteamentos Santana e Parque Capibaribe. Saúde não diz respeito somente a tratar doenças, mas, também, a estimular as pessoas a hábitos saudáveis”, concluiu.

Postar um comentário

0 Comentários