Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Aflora Shoes garante 40% do faturamento com vendas condicionais



Com o abre e fecha das lojas físicas durante a pandemia, muitos varejistas precisaram se adaptar rapidamente. Apesar do e-commerce ser a maior aposta em grandes cidades, para os comerciantes locais, mais próximos do cliente final, outras estratégias fizeram mais sentido. Foi o caso da Aflora Shoes, loja de calçados femininos localizada em Assis, interior de São Paulo, que nasceu no final de 2020. A loja optou pelo caminho das vendas condicionais – aquelas que os consumidores recebem o produto em casa, provam e depois efetuam a compra ou a devolução – e viu a estratégia passar a representar 40% do seu faturamento.

A marca conseguiu gerenciar com segurança o envio e retorno dos produtos e controlar todo o processo da venda, com o apoio do SetaERP, solução Linx voltada para as lojas de calçados. “Como a ferramenta é integrada ao crediário da loja foi um ganho, uma vez que já tínhamos dados de cadastro dos clientes. Com isso, pudemos fazer a seleção dos consumidores e incluir na sacola produtos para cada perfil, estabelecendo uma relação próxima e de confiança com nosso público”, explica Rodrigo Silva, diretor da Aflora Shoes.

“Apesar de ser uma estratégia eficaz para nós, as vendas condicionais exigem uma gestão afinada do negócio. Por isso, o uso do SetaERP nos ajudou a controlar o estoque, apontando o que está em prova com os clientes, mas ainda atendendo à demanda do e-commerce sem contratempos, por exemplo”. Driblando o desafio da pandemia e com vendas expressivas, a marca planeja a abertura de sua terceira loja no interior de São Paulo até outubro deste ano.

Para Rafael Reolon, diretor do segmento de calçados da Linx, as estratégias devem levar em consideração o público-alvo e o momento de cada negócio. “Neste momento, em que a venda passiva não tem vez, promover a venda condicional é uma estratégia inteligente de venda ativa. No interior ou bairros, onde os varejistas têm mais abertura para o estilo de venda porta a porta, isso funciona muito bem. Além de manter o faturamento da loja, constrói um relacionamento forte e transparente, uma ótima receita para fidelização. Temos visto, inclusive, grandes marcas de calçados incentivando a modalidade entre seus franqueados” analisa.

Com o sucesso das vendas condicionais nas duas lojas da Aflora Shoes, o grupo proprietário da marca intensificou o modelo de vendas para suas seis outras lojas de franquias calçadistas, localizadas no Paraná e interior de São Paulo, que já contavam com a modalidade, mas não estavam no foco da estratégia. Com o banco de dados de todas as lojas do grupo integrado pela solução Linx, a implementação foi simples e, em apenas três meses, a representatividade das vendas condicionais triplicaram em toda a rede.

Integração de lojas padronizou experiência do cliente

Parceiras há mais de nove anos, as soluções da Linx também supriram outros gargalos do grupo. Na época, as principais dores da rede eram agilidade nos processos de venda e integrar todas as lojas para que o cliente tivesse a mesma experiência de compra em todas as unidades do grupo.

“Nós tínhamos um ERP muito complexo, com usabilidade complicada, e isso atrapalhava a rotina dos nossos colaboradores, impactando diretamente no cadastro do crediário e processo de venda como um todo. Além disso, não tínhamos a visão compilada de todas as nossas lojas – cada uma tinha o controle individual, o que dificultava a gestão e um bom atendimento ao cliente, com flexibilidades como enviar produto de uma loja para a outra para converter as vendas ou ter que fazer um novo cadastro para o crediário em cada unidade”, explica o representante da Aflora. Após a implementação do SetaERP em 2012, as lojas do grupo ganharam agilidade no atendimento e simplificaram processos. A exemplo, o cadastro de clientes, que antes levava de 15 a 20 minutos, passou a ser finalizado entre 5 e 10 minutos.

“O SetaERP tem usabilidade muito simples, o que reduz o tempo de treinamento da equipe, e a velocidade do sistema impressiona os usuários e principalmente os clientes. Além disso, todas as ferramentas integradas garantem confiabilidade nas informações disponíveis para ajudar no crescimento do lojista”, finaliza Reolon.

Sobre a Linx

A Linx é uma empresa brasileira especialista em tecnologia para o varejo. Líder no mercado de software de gestão, com 45,6% de market share do mercado varejista, conforme atesta o IDC. Toda a expertise da Linx na jornada de compra é transformada em insights fundamentais para atingir o que os varejistas mais esperam: fidelizar seus consumidores e atingir resultados concretos e relevantes. Com capital aberto na B3 desde 2013, a Linx também se tornou a primeira empresa brasileira de software com capital aberto na NYSE, em 2019. A empresa possui mais de 3,5 mil colaboradores distribuídos entre sua sede em São Paulo, 15 filiais pelo Brasil e 5 países da América. Para saber mais, acesse www.linx.com.br/imprensa.

Postar um comentário

0 Comentários