Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Novo laboratório de tecnologia da COMPESA cria dispositivos de monitoramento de rede para melhoria da operação



Com investimentos cada vez mais consistentes em tecnologia, a Compesa deu início às atividades do seu novo Laboratório de Eletrônica e Automação, um espaço na sede da Companhia, bairro de Santo Amaro, no Recife, destinado a ações que contribuem para tornar a operação dos sistemas de abastecimento mais eficazes para a população. O laboratório funciona como central de manutenção dos equipamentos tecnológicos utilizados para monitoramento e controle dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Outra finalidade de destaque deste espaço está relacionada ao desenvolvimento de dispositivos que tornam a operação dos sistemas da Compesa mais eficientes.

Com o desenvolvimento de tecnologia própria, a expectativa da Compesa é reduzir os custos de aquisição de equipamentos de telemetria e controle, a exemplo de dataloggers, que coletam informações das pressões de redes de abastecimento, volumes das estações de tratamento de água, dentre outras, e controladores de válvulas, que efetuam o controle automático na rede de abastecimento. O Diretor de Negócios e Eficiência da Compesa, Flávio Coutinho, destaca o dinamismo como um dos principais ganhos para a Companhia com a abertura do laboratório.

“O laboratório é um espaço essencialmente pensado para o desenvolvimento de produtos, uma vez que esse é um dos caminhos que representam economia para empresa e possibilidades reais de repasse interno para investimentos, como a ampliação do monitoramento das tubulações para diminuir os índices de perda de água, melhorando a distribuição e, de forma geral, a qualidade dos serviços prestados à população”, destaca Coutinho.

Além da produção, o Laboratório de Eletrônica e Automação da Compesa tem capacidade para realizar consertos dos mesmos equipamentos desenvolvidos internamente e de diversos outros adquiridos no mercado, como por exemplo, controladores de bombas e válvulas, telas sensíveis ao toque para visualização e controle dos processos, rádios de comunicação e no-breaks. O laboratório também foi idealizado para funcionar com total autonomia, pois conta com almoxarifado próprio com estoque de peças para substituição. Tudo para dar celeridade aos processos de manutenção. A agilidade que será alcançada com os reparos internos impacta diretamente no aumento da disponibilidade dos sistemas, acelerando o retorno dos equipamentos para a operação e, consequentemente, garantindo que os sistemas funcionem com maior continuidade.

Os projetos de tecnologia da Compesa integram um ecossistema inovador de soluções para a operação da companhia. Com base na indústria 4.0, o Portal Cooperação, como é chamado, reúne em uma única plataforma vários sistemas que dão suporte tecnológico para tornar a gestão e o controle operacional dos sistemas de água e esgoto mais eficientes, seguros e confiáveis. Além do lançamento do novo espaço, a Companhia prevê outros projetos na linha de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I). “A Compesa está, cada vez mais, empenhada no desenvolvimento de soluções para garantir a continuidade do abastecimento dos pernambucanos, pois fazer chegar água a quem mais precisa é uma das nossas premissas. Os desafios são imensos, especialmente em face a uma realidade geográfica diversa no Estado, mas o trabalho segue sendo executado de forma consistente”, garante a presidente da Compesa, Manuela Marinho.

Postar um comentário

0 Comentários