Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Governo de Pernambuco inicia vacinação no Hospital de Referência à Covid-19 Unidade Boa Viagem



Unidade com maior número de leitos exclusivos para casos do novo coronavírus, o Hospital de Referência à Covid-19 Unidade Boa Viagem (antigo Hospital Alfa) começou, nesta terça-feira (19.01), a vacinar seus profissionais. O Hospital conta atualmente com 1.309 funcionários, sendo 1.225 aqueles que atuam na assistência direta nas enfermarias e UTIs. Prestigiando o ato, o governador Paulo Câmara agradeceu a todos os profissionais de saúde que estão na linha de frente na unidade desde o início da pandemia, se dedicando a salvar vidas.

“Temos ainda uma longa trajetória, mas estamos muito felizes por tudo que conseguimos avançar até este momento, onde iniciamos uma nova fase com a vacinação. Pernambuco está pronto para cumprir todas as etapas com o planejamento que já fizemos e, ao mesmo tempo, com toda determinação que temos para cuidar das pessoas como estamos fazendo desde o início dessa pandemia”, disse Paulo Câmara.

A vacina chegou ao Recife na noite da segunda-feira e a campanha foi iniciada logo em seguida. “A distribuição das vacinas está ocorrendo e, até às 14h de hoje, todas as Gerências Regionais de Saúde já terão recebido a vacina. Esse processo começou, mas não podemos descuidar em nenhum momento. Vamos usar máscara, manter o distanciamento social e a população pode ter certeza que não vamos descansar enquanto não cumprirmos as etapas do Plano Nacional de Imunização”, concluiu o governador.

Funcionando hoje com 100% de sua capacidade, o antigo Hospital Alfa tem 270 leitos ativos, sendo 150 de enfermaria e 120 de UTI. O equipamento foi requisitado administrativamente pelo Governo de Pernambuco em março e, em tempo recorde, a estrutura passou por ampla reestruturação e abriu as portas no dia 15 de abril, atuando de forma dedicada à atenção aos pacientes com a Covid-19. Pela unidade passaram, de abril até agora, 4.018 pacientes, dos quais 2.650 já tiveram alta.

O Hospital conta com equipamentos de tomografia computadorizada, raios x, ultrassonografia, ecocardiograma, eletrocardiograma, endoscopia digestiva, colonoscopia e broncoscopia. Entre os meses de abril e dezembro de 2020 foram realizados 7.171 exames de raios x, 2.209 tomografias e 257.836 exames laboratoriais.

“Pelo público prioritário deste momento, a orientação da secretaria é que ações como essa sejam desenvolvidas. Que a gente leve a vacina até os profissionais, que os municípios levem até os asilos, para que a vacinação seja feita no local. São mais de 1.200 profissionais da saúde que trabalham aqui e que serão priorizados para que a gente tenha mais segurança e eles possam continuar salvando vidas neste que é o maior Hospital de Referência para a Covid-19 no Estado”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

De acordo com Longo, 270.900 doses chegaram a Pernambuco e a distribuição foi pactuada com os municípios. “O Estado ficou com uma parte desses insumos para vacinar unidades como esta, que são prioridade absoluta neste primeiro momento. Então a gente pegou algumas das vacinas que viriam para o Recife para colocar em unidades como esta, que estão dentro do município, mas sob a égide do Estado”, explicou o secretário.

A primeira pessoa a ser vacinada na instituição foi a técnica de enfermagem Alexina Codeceira, de 50 anos. Muito emocionada, a profissional, que está na linha de frente desde abril de 2020, falou sobre a importância de todos se imunizarem assim que possível. “Temos que acreditar na vacina. É a chance que temos de mudar essa história. A gente que está na UTI está vendo cenas muito tristes, então, se vacinem. Não tenham medo. É o recado que eu deixo para todos. E, mesmo vacinados, continuem usando máscara, álcool em gel e não se exponham de novo”, aconselhou.

Na sequência também foram imunizados a enfermeira Cristiane Correia, o médico Manoel Alves, a auxiliar de farmácia Sandra Silva, a nutricionista Janaína Nascimento, a assistente social Valmira Melo, a fonoaudióloga Cristiane Neves, a psicóloga Maria Renata Braga e a fisioterapeuta Lidier Nogueira – todos trabalhadores da linha de frente do combate à pandemia.

 

Foto: Aluísio Moreira/SEI

Postar um comentário

0 Comentários