Propaganda

Últimas Notícias

Quem é quem em “Éramos Seis”, próxima novela das 18h


Enquanto “Órfãos da Terra” voa alto, a Globo agiliza a produção da substituta, “Éramos Seis”, atualização de Ângela Chaves para o texto de Rubens Ewald Filho e Silvio de Abreu – produzido pela Tupi, em 1977, e pelo SBT, em 1994 –, baseado na obra de Maria José Dupré. O elenco está praticamente fechado. A saber: Gloria Pires (Lola), Antonio Calloni (Júlio), Giullia Buscacio (Isabel), Simone Spoladore (Clotilde), Ricardo Pereira (Almeida), Maria Eduarda de Carvalho (Olga), Kelzy Ecard (Genu), Kiko Mascarenhas (Virgulino), Denise Weinberg (Maria), Camila Amado (Candoca) e Walderez de Barros (Marlene). Os personagens de alguns dos nomes já divulgados, porém, ainda não são conhecidos. 

Até agora. Cássio Gabus Mendes, que deixou o elenco de “Órfãos da Terra” para participar de “Éramos Seis”, viverá Antonio. O personagem remete a Alonso (Rogério Márcico na Tupi / Umberto Magnani no SBT), dono de uma mercearia, vizinho de Lola e Júlio. Já Ellen Rocche está encarregada de Marion (Carmem Marinho / Elizangela), amante de Júlio – personagem criada por Rubens e Silvio, para desgosto de Maria José Dupré, certa de que sua Lola, já muito sofrida, não suportaria a traição do marido. Associado, nas redes sociais, ao caçula de Lola e Júlio, Julinho, Nicolas Prattes responderá pelo primogênito, Carlos (Carlos Augusto Strazzer / Jandir Ferrari). 

Até o momento, Julinho ainda não tem intérprete definido. Assad (Silvio Rocha / Antonio Petrin), o patrão de Júlio e Almeida, é o tipo escolhido para Stepan Nercessian. E Susana Vieira, no ar, a partir de segunda-feira (29), como Branca, em “Por Amor”, fará Emília (Nydia Lícia / Nathalia Timberg), a detestável tia de Lola. Ainda, um impasse acerca da responsável por Durvalina, empregada da protagonista, defendida por Chica Lopes tanto na Tupi, quanto no SBT: Virgínia Rosa ou Zezé Motta. Caco Ciocler, por sua vez, irá interpretar João. Não há registros deste personagem nas duas versões posteriores da trama. A direção artística de “Éramos Seis” caberá a Carlos Araújo – responsável por “Os Dias Eram Assim” (2017), supersérie de Ângela Chaves e Alessandra Poggi.

App Google Notícias

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.