Propaganda

Últimas Notícias

LBC faz trilha repleta de aventuras




Bom Dia, Boa Tarde ou Boa Noite, onde quer que você esteja lendo este Diário de Bordo do LBC sinta-se abraçado por todos nós que fazemos o LBC. Hoje vamos contar para vocês as aventuras dos meninos ciclistas de Limoeiro que se aventuraram por terras novas e desconhecidas. O digital marcou 5 horas da manhã e todos já estavam praticamente prontos para mais uma aventura dominical. A PE-50 foi a primeira das muitas companhias que os ciclistas tiveram durante esta jornada de pedalada. Era de se esperar chuva, mas não houve, pois o que tinha de cair caiu na noite do sábado. Depois da PE-50, a PE-90 tornou-se a nova companheira que levou os meninos até os Mendes. Foi por lá que alguns aproveitaram para tomar café da manhã, ou melhor, fazer um lanche rápido, pois a pressa para chegar logo era muita. Dos mendes até a volta a Limoeiro os membros do LBC na companhia dos garotos do Clube da Bike passaram por muitos lugares estilo mata fechada.

Com sua bike quebrada (sem a sela que perdeu o parafuso), Ricardo deve de voltar para casa e não pôde seguir viagem com os outros ciclistas. O visual realmente era muito bonito e de certo modo agradou a Gregos e Troianos. Em meio a muita lama a galera seguia pedalando e sempre que dava faziam uma paradinha para comer uma fruta madurinha colhida dos pés que rodeavam os ciclistas e os convidavas a comer. No cardápio do caminho havia manga, carambola, azeitona e acerola, fruta fresquinha para quem desejasse se alimentar. Havia um nano rio no meio do caminho e a solução era atravessar, mas nem todos optaram por atravessar em cima da bike, afinal alguns tinham medo de ser levado de certo modo pela água ou cair dentro dela que por sinal estava com uma cor bastante escura, combinando com o barro da localidade. O sol quente alternou com o tempo fechado e isso acabou prejudicando ainda mais o clima, pois abafado deixa ainda mais no ar o mormaço.

A galera seguiu per estas terras parando para fotos e filmagens além de reabastecer com água. Ao chegarem em Pitombeira compraram mais água e comeram alguma coisa e descansaram alguns minutos, afinal a lama e o terreno acabou por exigir mais forças dos bikeiros. Além de Ricardo outra ciclista deixou o grupo e foi para casa de Toyta com problemas na coluna. Sem ela a galera seguiu o pedal rumo a suas casas. Já no Cedro alguns membros pararam para tomar um saboroso caldo de cana com uma coxinha novinha e com um cheirinho muito bom. Após repor as energias a galera seguiu ao som da trilhas sonoras de nova da Globo que estavam presentes na playlist de Wallace. Na conversa muita velharia e jogos antigos de videogame e por sinal um assunto muito legal e agradável. Não demorou muito para que os últimos integrantes desta nave louca do bem chegasse as imediações do Auto de São Sebastião. Ao se reunirem cada um pegou seu rumo e assim deram por encerrada a trilha deste domingo. Assim ficou registrada mais uma trilha dos ciclistas de Limoeiro.


Confira algumas fotos desta trilha













 

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.