Propaganda

Últimas Notícias

Morre, aos 79 anos, o eterno Repórter do Bandeira Dois Gino César



A notícia que ninguém queria dar. Gino César, o nosso eterno Repórter do Bandeira Dois, partiu desta vida aos 79 anos. Joaquim José da Silva, nascido em 5 de março de 1936, foi radialista por mais de 60 anos, locutor e radioator. Um homem bom, simples e coerente. Gentil acima de tudo. Gino é o tipo de profissional verdadeiramente insubstituível. Gino faleceu na madrugada desta terça-feira (17), após um infarto fulminante, embora a causa da morte ainda não tenha sido informada pela equipe médica. Ele foi internado em agosto com problemas cardíacos, descobriu uma insuficiência renal e teve um agravamento na já conhecida dificuldade para respirar. Passou 21 dias internado e recebeu alta. Foi acompanhado pelos médicos durante os meses seguintes.

Nesta segunda-feira, Gino passou mal e foi levado ao Hospital Hapivida do Espinheiro. Apesar dos esforços, faleceu por volta das 2h30, na UTI do centro médico. Na manhã desta terça-feira, Ciro Bezerra entrevistou o filho de Gino, Paulo Ricardo, que dirige o programa Bandeira Dois. Ele agradece aos ouvintes pelo carinho e lamenta a morte do pai. Gino trabalhou nas rádios Clube, Olinda, Continental, Tamandaré e aqui na Rádio Jornal, por onde passou duas vezes, a última e definitiva delas durou mais de 30 anos, sempre na liderança da audiência. Joaquim José da Silva, ou simplesmente Gino César, deixa três filhos, três netos e milhares de fãs que o ajudaram a ter a maior audiência do rádio no Brasil. Ainda não há informações sobre o velório e o horário do enterro de Gino. Fica registrado aqui o sentimento de toda a equipe da Rádio Jornal e o eterno agradecimento a Gino. Em 2014, Gino foi homenageado com um radiodocumentário intitulado "Gino César: Memória e história do Rádio Pernambucamo".

O produto traz um registro histórico da trajetória de um dos mais completos profissionais do rádio pernambucano. o documentário foi realizado pelo jornalista Leokárcio Cavalcanti. Gino César foi radioator e galã de novela e desde os anos 1970 lidera a audiência no radiojornalismo local atuando como repórter policial. Ouça o documentário:As histórias de Gino são contadas por ele mesmo personagem principal do documentário, ex-radioator e repórter policial; a ex-radioatriz da “Era de Ouro” do Rádio, Carmen Towar; o sonoplasta e ex-radioator da “Era de Ouro” do Rádio, Hugo Martins; o comissário de polícia George Jorge dos Santos, o Roque Santeiro; o repórter policial, Paulo Dias; repórter do programa Bandeira 2, Eliel Alves; a jornalista e pesquisadora, Fabiane Cavalcamti; apresentador de programa policial na televisão, Sérgio Dionísio; além do filho de Gino César e um dos produtores do Bandeira 2, Paulo Ricardo.

Conheça um pouco mais sobre Gino por ele mesmo em vídeos da Rádio Jornal do Comercio



Matéria do Jornal do Comercio

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.